Fundação Roberto Rocha Brito

Incentivando o ensino continuado

AS ESTATINAS NÃO SÃO HEPATOTÓXICAS.

04/05/2015

Receando piora da função hepática, os médicos evitam receitar estatinas em pacientes que necessitam do medicamento, quando estes apresentam aumento das enzimas hepáticas.

Estudo prospectivo randomizado, realizado por pesquisadores das universidades da Grécia e de Londres mostrou que as estatinas não prejudicam a função hepática. O estudo envolveu 437 pacientes, com aumento das enzimas hepáticas (ALT- TGP até 3 vezes o limite superior da normalidade). Divididos em dois grupos, os pacientes foram medicados com estatina e placebo, respectivamente.  Após três anos, os pacientes do grupo estatina tiveram normalização ou diminuição dos níveis de ALT, enquanto que no grupo placebo os níveis continuaram altos. O efeito benéfico cardiovascular da estatina foi mantido (Lancet 27 de novembro de 2010).

Vale registrar o comentário do prof. Barder, da Universidade de Oklahoma, publicado em editorial desta mesma edição do Lancet: “Os testes de função hepática são irrelevantes, quando se pretende prescrever estatinas”.

Antônio Frederico Magalhães

(Médico do Deptº de Gastroendoscopia do Hospital Vera cruz – Campinas – S.P.)